Propriedades terapêuticas - Segurelha

A segurelha é uma planta aromática da família Lamiaceae. Também é conhecida por segurelha das montanhas / satureja das montanhas ou segurelha de inverno. Tem um sabor levemente picante e é usada para condimentar carnes em geral, especialmente de aves, pratos de peixe, saladas, molhos e feijão.

O seu nome latino significa “sátiro“. Diz-se que as segurelhas das florestas mitológicas pertenciam aos sátiros (personagens metade homem metade bode) que as usavam para reprimir os seus instintos.

 

Satureja montana - segurelha das montanhas

 

O uso desta erva já remonta há mais de dois mil anos. A sua origem é mediterrânea tendo sido muito usada por gregos e romanos, sendo estes últimos os primeiros a cultivá-la e a reconhecer as suas propriedades digestivas e afrodisíacas. Os romanos levaram a segurelha para o Norte da Europa e daí espalhou-se pelo mundo fora.Os primeiros colonos levaram-na para os Estados Unidos onde ficou conhecida como a “erva do feijão“.

Nos tempos de hoje a segurelha continua a ser usada em culinária e, até, em fitoterapia.

É tema de vários poemas, de Virgílio a Shakespeare.

 

Segurelha

 

Propriedades e Indicações Terapêuticas:

  • Partes utilizadas: folhas e sumidades floridas
  • Anti-séptica
  • Anti-bacteriana – óleo essencial
  • Regeneradora
  • Aumenta o apetite
  • Tónica
  • Digestiva
  • Cólicas
  • Flatulência
  • Diarréia
  • Asma
  • Infecções pulmonares
  • Bronquites
  • Expectorante
  • Constipações
  • Sinusite
  • Estimula os sentidos
  • Picadas de insectos
  • Afrodisíaca
  • Combate pragas
  • Indicada para peles e cabelos oleosos

 

Contra-Indicações: não deve ser ingerida durante a gravidez

Escrito por A Senhora do Monte

Uma homenagem ao Portugal das tradições, dos saberes e dos sabores.