Lenda de Santa Quitéria

Santa Quitéria era filha de Calcia e Lucio Cayo  Atílio, governador romano da Galiza , que vivia em Braga.

Estava Lucio em Galiza quando Calcia deu à luz nove meninas de um só parto. Envergonhada, Calcia ordenou à parteira que as afogasse num rio, mas esta, piedosa, baptizou-as e entregou-as a famílias cristãs.

As nove meninas receberam os nomes: Quitéria, Basília, Eufémia, Genera, Germana,  Liberata, Marinha, Marciana e Vitória. Cresceram e souberam da sua origem, como gratidão, fizeram um voto de perpétua castidade.

Lucio Cayo Atílio mandou prender todos os cristãos e ordenou insuportáveis martírios a quem resistisse.

As nove irmãs também faziam parte da lista dos cristãos. Quando o Rei as viu perguntou-lhes que sangue era o seu e que seguiam. Estas responderam que seguiam Jesus Cristo, por quem estavam dispostas a dar a vida, e que eram suas filhas.

O Rei, admirado, chamou Calcia e esta confirmou tudo.

O Rei ordenou que as nove irmãs renegassem a fé de Cristo e que venerassem os ídolos romanos. Estas negaram-se e o Rei mandou encarcerá-las numa cela do palácio a fim de serem executadas no dia seguinte. Durante a noite apareceu um anjo que as libertou. No dia seguinte o Rei mandou soldados atrás delas, mas só encontraram Quitéria.

Quitéria teve de voltar para o palácio onde nunca deixou a fé cristã. O seu pai tentou obrigá-la a casar com um soldado de nome Germano, mas esta recusou preferindo a morte.

Certo dia, apareceu um Anjo que ordenou que esta fosse para o Vale de Aufragia, onde Deus tinha destinado o seu martírio.

Quitéria fugiu com os outros cristãos para o monte de Pombeiro, onde se dedicaram à fé de Cristo.

No monte Quitéria fez muitos milagres e converteu gentios. Lucio Atílio, sabendo disto, mandou um exército ao monte de Pombeiro para matar Quitéria e os seus companheiros cristãos.

Germano também foi pois queria vingar-se por esta não aceitar casar com ele. Então um soldado, a mando de Germano, pegou Quitéria pelos cabelos e cortou-lhe a cabeça com um violento golpe de espada. Nisto, a santa levantou-se, agarrou na cabeça e caminhou até à capela de S.Pedro, onde tinha sido profetizada a sua sepultura. Quando lá chegou, parou e caiu morta. Logo desceu sobre o monte uma terrível tempestade que matou grande parte dos assassinos. Outros, de raivosos, comeram as mãos, alguns enlouqueceram e muitos cegaram.

Quando Germano soube dos milagres que a santa Quitéria fez em vida e em morta, converteu-se à fé de Cristo, assim como o Rei Lucio Cayo Atílio.

Ainda hoje, a santa Quitéria é venerada como a advogada dos mordidos das coisas danadas e conhecida por curar angústias e tristezas do coração.

A devoção à santa Quitéria leva anualmente milhares de pessoas a ir em romaria nos princípios de Junho e no primeiro de Novembro ao monte de Pombeiro da Beira.

 

Capela de Santa Quitéria - Pombeiro da Beira

Save

Escrito por A Senhora do Monte

Uma homenagem ao Portugal das tradições, dos saberes e dos sabores.

  • Thanks, I’ve been searching for info about this subject matter for ages and yours is the best I have found so far.