Castanhas doces - doçaria conventual

As castanhas doces fazem parte da doçaria conventual da zona de Aroura e Viseu.

 

Em Arouca este doce foi criado pelas freiras Bernardas que trabalhavam no Convento de Arouca. Estas encontravam-se em contacto directo com as casas senhoriais bem como com a vida quotidiana monástica de Arouca sendo o convento um espaço social.

 

Convento de Arouca

 

Em Viseu as influências conventuais surgiram através da vinda das freiras de São Bento do Convento de Ferreira de Aves para o Convento da mesma Ordem instalado junto a umas das entradas da cidade.

 

Viseu

 

Ingredientes:

  • 15 gemas de ovos
  • 250g de açúcar
  • 0,15l água

Ponha o açúcar com a água ao lume e quando atingir o ponto pérola deixe arrefecer. Bata 14 gemas e adicione-as ao preparado, levando este ao lume até engrossar. Deixe arrefecer e molde pequenas bolinhas.

Use um palito para molhar cada bolinha numa gema de ovo e de seguida torre-a ao lume. Também podem ser queimadas com o ferro do leite creme.

Por fim, retire o palito e pressione com um garfo de forma a obter o formato de uma castanha.

Save

Escrito por A Senhora do Monte

Uma homenagem ao Portugal das tradições, dos saberes e dos sabores.