Sal - Malefícios e Substitutos Naturais

 

O consumo de sal em grandes quantidades é a causa de vários tipos de doenças como: hipertiróidismo, hipertensão, crises renais, etc.

Isto porque, quando há sódio a mais no organismo, há retenção de água e consequentemente aumento do volume sanguíneo.

A Organização Mundial de Saúde aconselha que o consumo diário de sal, para uma pessoa saudável, não ultrapasse 2000 mg.

Todos os dias, todos nós, usamos sal para cozinharmos. Mas o nível de consumo não fica por aqui pois até em certos produtos embalados o sal é usado como conservante. E sendo o sódio o seu principal componente, este também pode ser encontrado na maioria dos alimentos e especiarias que consumimos diariamente.

 

Uma boa maneira de calcular a quantidade de sal presente em cada alimento que consome é multiplicar a quantidade de sódio (presente no rótulo) por 2,5.

 

Fuja dos malefícios do sal e substitua-o por ervas aromáticas e especiarias. Desta forma poderá usufruir melhor do real sabor dos alimentos e também das propriedades medicinais presentes na maioria das ervas aromáticas.

Abuse das opções naturais como:

 

Substitutos naturais do sal

 

Também poderá optar por consumir sal marinho que é mais saudável e não passa pelo processo de refinamento.

 

Evite o consumo de enchidos, produtos enlatados que normalmente são armazenados em água com sal, e temperos industriais. Estes últimos possuem quantidades exarcebadas de sódio – 1colher de chá de tempero para arroz é capaz de de conter 1645mg. Só esta quantidade de sódio quase que perfaz a recomendada por dia.

 

Produtos que contêm conservantes e que deve evitar:

  • nitrito de sódio e nitrato de sódio,
  • adoçantes (ciclamato de sódio e sacarina sódica),
  • fermentos (bicarbonato de sódio),
  • intensificadores de sabor (glutamato monossódico)

 

Consequências no nosso organismo de sódio em excesso:

  • Cérebro – o excesso de sal provoca hipertensão, uma das principais causas de AVC;
  • Olhos – o consumo maior que 6g de sal por dia pode acelerar o aparecimento de cataratas;
  • Coração – sal em excesso pode provocar problemas cardíacos como enfartes;
  • Pulmões – excesso de sódio pode afectar a respiração pois o oxigénio tem maor dificuldade em passar dos pulmões para a corrente sanguínea;
  • Barriga – o consumo de sal faz com que as pessoas bebam mais refrigerantes que promovem o aumento de peso;
  • Estômagoum estudo da Universidade de Maryland, nos Estados Unidos, indica  que o sal induz a actividade da bactéria causadora da úlcera gástrica;
  • Rins – o consumo de sal em excesso aumenta a probabilidade de se desenvolver doenças renais.

 

Sal - Malefícios e Substitutos Naturais

Save

Save

Escrito por A Senhora do Monte

Uma homenagem ao Portugal das tradições, dos saberes e dos sabores.