Método de irrigação com potes de barro

POTES DE ARGILA ENTERRADOS

Os potes ou cânforas de barro que “transpiram” são uma forma muito eficiente de irrigar o seu jardim. Basta colocar um pote de barro (não envernizado) no centro das suas plantas, e encher com água, e este irá transpirar lentamente essa água nos dias seguintes.

Irrigação com potes de barro enterrados

 

Existem dados históricos de que os romanos já utilizavam estes sistema há muitos séculos, existindo também registos da sua utilização em África há 4000 anos atrás. O processo de irrigação por potes de argila enterrados foi aperfeiçoado na Índia, em regiões muito secas, sendo encontrado também na América do Sul. Basicamente é uma solução a que “todos” recorreram dado o seu sucesso, sobretudo em hortas familiares e jardins aromáticos.

 

Irrigação com potes de barro

 

A irrigação da área em redor é assegurada de forma automática e contínua, basta encher os potes ao ritmo que lhe for mais conveniente.

 

Potes enterrados na terra

 

Um bom preparo do terreno é necessário para assegurar as condições para a difusão da água. Use areia, calcário e resíduos vegetais se o terreno for impermeável; composto orgânico se for muito arenoso; e, em todos os casos adube com esterco para ter uma terra solta. É indispensável tapar cuidadosamente os potes de argila (com tampas de cortiça por exemplo), para evitar a evaporação e o aparecimento de larvas de mosquitos.

Potes de barro enterrados para irrigar as suas plantas
Torne a sua rega mais eficiente e sustentável com esta técnica milenar!

Escrito por A Senhora do Monte

Uma homenagem ao Portugal das tradições, dos saberes e dos sabores.