Rezas populares - Aprenda a curar o cobrão!

O cobrão ou cobreiro é uma das doenças de pele mais dolorosas.

Hoje sabe-se que o cobrão é originado pelo vírus Zoster (herpes) que provoca uma erupção cutânea – formam-se bolhas numa zona do corpo que começam a alastrar. Estas erupções podem aparecer nos braços, na barriga, pescoço, costas, etc.

 

Cobrão

 

O Zóster é uma variante do vírus que também provoca a varicela (ou catapora).

Este vírus, normalmente, permanece no nosso organismo em estado de “dormência” pois o nosso sistema imunológico consegue controlá-lo. Mas assim que este se encontra debilitado o vírus pode despoletar.

Este vírus, ao contrário da varicela, caracteriza-se pelo aparecimento de vesículas. Esta lesão aparece, em geral, no segmento da pele inervado  pelo ramo nervoso acometido pelo vírus e apenas num dos lados do corpo. À medida que vai alastrando, o seu formato em zigue-zague, faz lembrar uma cobra – daí o nome popular cobrão ou cobreiro.

 

Os antigos diziam que se essas bolhas dessem a volta ao membro afectado que a pessoa poderia morrer.

Os sintomas começam por uma pequena dor no local do aparecimento das vesículas. Depois da eclosão destas a pele fica toda avermelhada. Os sintomas posteriores são variados e vão desde a indisposição geral, comichão, pontadas de dores fortes, sensação de picadas, etc.

Herpes Zóster

Mesmo depois de tratado as dores podem durar meses ou mesmo anos – podendo o vírus voltar a despontar novamente.

Através da sabedoria popular certas rezas / orações, foram criadas, para acabar com este “male”. As rezas variam consoante a zona do país, mas pelo que o “povo” diz – todas elas resultam – existem variados relatos de pessoas que o experimentaram e afirmam a pés juntos que resulta!

 

Reza para curar o cobrão

A Senhora do Monte conseguiu reunir 3 variantes da reza para acabar com o cobrão:

 

Reza para curar o corão (I)

“Bicho bichão, Aranha aranhão.

Te corte e talho.

Mil cabeças o rabo te talho.

Os olhos, a boca e o coração.”

Diz-se nove vezes esta reza, durante três dias, com uma faca a fazer o sinal da cruz na zona afectada.

 

Reza para curar o cobrão (II)

Fazem-se três montes de carvão com nove pedaços de carvão em cada monte.

Em seguida faça o sinal da cruz no primeiro monte, peque neste com as duas mãos e comece a seguinte reza:

“Cobra, cobrão

Sapo, sapão

Todo o bicho da nação

Que anda de rasto pelo chão,

Para que não cresças

E nem avessas,

Mas antes obedeças

Que venhas a bom humor

Eu te corto, corvo,

Cabeça e rabo

E corpo todo!

Quando S. Bento era estudante, Nenhum bicho ia para diante,

Na mesma escola andava S. Braz, aqui te seques, aqui te mirrarás.”

Deverá ir passando o monte de carvão por cima da zona afectada fazendo sempre o sinal da cruz.

Repita o procedimento com os restantes montes de carvão.

 

Reza para curar o cobrão (III)

À medida que vá dizendo a reza deverá ir fazendo cruzes, com uma faca, em cima da zona afectada.

“Faca que cortas o pão
Corta este Tubarão
Corto-te a cabeça
Corto-te o rabo
Com este navalhão
Sapo, sapão
Cobra, cobrão
Aranha, ranhão
Corto-te a cabeça
Corto-te o rabo
Com este navalhão
Com o poder de Deus
E da Virgem Maria
Um Pai Nosso e uma Ave-Maria”
À medida que se rezava iam-se fazendo cruzes em cima das borbulhas com uma faca.

Repita o procedimento 9 vezes.

Save

Escrito por A Senhora do Monte

Uma homenagem ao Portugal das tradições, dos saberes e dos sabores.

  • fernanda duarte

    gosto das orac

    • fernanda duarte

      lindas estas oracoes

  • Muito bom esse site.gostei das dicas Muito obrigado pelas dicas.

    • A Senhora do Monte

      Obrigado por nos acompanhar! 🙂

  • Muito boas essas orações.

  • Maria josé Duarte

    Obrigada pela partilha

  • Márcia toledo

    Agradeço. Pois não sou eu quem irá curar, mas peço a deus que eu seja instrumento dele. Porque somente as mãos de nosso Deus. Deus os abençoem e obrigada.