Propriedades e indicações terapêticas - Capuchinhas

A Capuchinha possui propriedades medicinais, sendo considerada um antibiótico natural. Pertencem à espécie Tropaeolum majus e são conhecidas, popularmente, como chagas, nastúrcio, flor-do-sangue e agrião-do-méxico.

A planta reproduz-se através de sementes e germina entre 7 e 21 dias.

As capuchinhas não são muito exigente quanto ao solo. São ideais para floreiras e vasos com, pelo menos, 20 cm de profundidade. Podem também ser utilizadas como plantas pendentes em vasos, floreiras ou mesmo no seu quintal como trepadeira – se colocada com um suporte adequado.

Ass regas, devem ser espaçadas, tendo o cuidado de manter o solo húmido, mas nunca encharcado.

 

Na horta as capuchinhas são usadas como “plantas companheiras”. Estas atraem para si os parasitas evitando que estes danifiquem as outras plantas.

 

Esta planta é comestível – as suas flores e folhas apresentam um sabor picante similar aos agriões.

A sua coloração varia entre o amarelo, laranja ou avermelhado e são uma excelente opção para decorar qualquer prato.

As partes utilizadas da capuchinha são as flores e as folhas. Estas podem ser usadas para fazer chás, infusões, sumos, omeletes, molhos e saladas.

As flores são extremamente ricas em vitamina C e as folhas em ferro.

Leia também: Flores comestíveis

 

Propriedades e indicações terapêticas - Capuchinhas

 

Propriedades e indicações terapêuticas

  • acção anti-séptica;
  • accção antibiótica;
  • expectorante;
  • digestiva;
  • desinfectante;
  • diurética;
  • purgativa;
  • cicatrização de feridas;
  • falta de apetite;
  • problemas digestivos;
  • sinusite;
  • faringite;
  • gripes e constipações;
  • catarro;
  • bronquite crónica;
  • problemas de acne;
  • combate o envelhecimento precoce
  • alergias na pele;
  • eczemas;
  • fortalece o couro cabeludo;
  • caspa;
  • insónias;
  • depressão;
  • retenção de líquidos;
  • infecções urinárias: diminuem a proliferação das bactérias nas vias urinárias.

 

 

Propriedades e indicações terapêticas - Capuchinhas

 

Tratamentos naturais

Uso Externo:

  • Infusão de capuchinha para caspa: Adicione 8 colheres de sopa de capuchinhas picadas num litro de água a ferver. Deixe arrefecer e lave os cabelos com esta infusão.

 

Uso Interno:

  • Tratamento para infecções urinárias: Misture 35 gotas de tintura de capuchinha a 1/5 de chávena com água morna. Mexa bem. Tome uma dose destas 3 a 5 vezes por dia.
  • Infusão de capuchinhas para gripes, constipações, sinusite e faringite: Junte 20g de folhas ou flores para um litro de água a ferver, durante 10 minutos. Beba uma chávena 3 vezes ao dia.

 

A tintura de capuchinha pode ser encontrada em lojas de produtos naturais ou em certas farmácias de homeopatia.

 

Propriedades e indicações terapêticas - Capuchinhas

 

Contra-indicações:

  • as capuchinhas podem causar irritações gástricas;
  • pessoas com problemas de hipotireoidismo, gastrite, insuficiência renal ou cardíaca bem como mulheres grávidas ou em fase de lactação devem evitar o consumo ou tratamentos de capuchinhas.

Save

Save

Escrito por A Senhora do Monte

Uma homenagem ao Portugal das tradições, dos saberes e dos sabores.