Couves de Bruxelas - Propriedades e indicações terapêuticas

As couves de bruxelas são mais nutritivas do que imagina! Estas mini couves funcionam como um desintoxicante para o nosso organismo.

As couves de bruxelas, ou “repolhinho”como é popularmente chamada, é um vegetal capaz de  proporcionar altos níveis de vitamina C e outros nutrientes que aumentam a imunidade.

Pertence à família das brássicas. Esta família engloba também o repolho, a couve flor, os bróculos, mostarda, nabo agriões e rabanetes.

Este vegetal tem uma composição nutricional particular, apresentando compostos bioactivos que se destacam quanto à protecção das células relativamente a certas doenças, como é o caso do cancro.

As pessoas que comem grandes quantidades de couve de bruxelas e outras couves têm menos risco de desenvolver cancro de próstata, de pulmão e do cólon.

Por serem extremamente ricas em sulforafano, que é um desintoxicante cancerígeno e que ajuda a prevenir danos no DNA, quando consumido regularmente pode ajudar a minimizar a propagação do cancro de mama.

A vitamina K presente na sua composição confere-lhes um efeito anti-inflamatório, pois actua directamente na regulação das respostas inflamatórias, o que pode ser interessante para evitar certos estados de inflamação.

 

Couves de Bruxelas - Propriedades e indicações terapêuticas

 

Propriedades e indicações terapêuticas

  • ricas em potássio
  • ricas em vitamina C e K
  • ricas em ácido fólico
  • ricas em fibras
  • anti-inflamatória
  • aumenta o sistema imunitário
  • degeneração macular
  • promove a saúde dentária
  • ajuda a eliminar cálculos renais
  • combate a obesidade
  • previne o envelhecimento precoce
  • previne a obstipação
  • problemas gástricos e digestivos
  • combate a hipertensão arterial
  • previne o aparecimento de cataratas
  • promove a cicatrização de tecidos
  • ajuda a manter uma boa saúde óssea
  • problemas cardiovasculares
  • problemas intestinais
  • problemas hepáticos
  • previne o aparecimento e propagação de certos tipos de cancro
  • colesterol

 

Couves de bruxelas

Escolha couves verdes e brilhantes, sem presença de folhas amarelas.

A melhor forma de as cozinhar para que não percam os seus nutrientes é ao vapor. Mas não podem ser demasiado cozidas caso contrário irá destruir o seu teor em vitamina C e pode acabar por lhes alterar o sabor e ficarem amargas.

 

Couves de Bruxelas - Propriedades e indicações terapêuticas

 

Escrito por A Senhora do Monte

Uma homenagem ao Portugal das tradições, dos saberes e dos sabores.