Plantas de interior que não necessitam de muita luz

Se a sua casa não tem grande exposição solar, não se preocupe! Existem plantas de interior que toleram bem a sombra e não necessitam de muita luz para se desenvolverem.

Um dos maiores problemas que muitos amantes de plantas enfrentam são as condições de pouca luz dentro de casa. Seria óptimo se todas as divisões do lar tivessem janelas enormes viradas para sul!

Mas não desespere! É possível ter plantas na sua casa, simplesmente deverá escolher plantas que não necessitem de muita luz.

 

Uma planta pode sobreviver sem luz totalmente?

Não! Não existem plantas de interior que cresçam em condições de escuridão total.

As plantas precisam de luz para viver e crescer.

Se está à procura de plantas para divisões sem janelas e que costumam estar completamente na escuridão desista! Nestes casos somente conseguirá manter uma planta artificial!

 

O que acontece quando uma planta não recebe luz suficiente?

Quando as plantas não recebem luz suficiente começam a crescer de forma alongada. Estas podem começar a inclinar-se em direcção à luz caso haja alguma janela ou fonte de claridade.

Outro sintoma é a perda de cor – as plantas começam a perder o brilho e as suas tonalidades.

Mas de certeza que na sua casa existem divisões que, mesmo não apanhando bastante luz, recebem o suficiente para certo tipo de plantas menos exigentes. Este tipo de plantas inclusivamente sofre se receberem luz excessiva.


Plantas de interior que necessitam de pouca luz

Existem plantas que toleram condições de pouca luz e que se adaptam facilmente a estas condições.

 

Aspidistra (Aspidistra elatior)

Esta planta é considerada uma das mais resistentes. São uma das melhores plantas de interior para condições de pouca luz.

É uma planta que facilmente se irá desenvolver em qualquer parte da sua casa.

Coloque-a num canto e mantenha o solo húmido – desta forma irá mantê-la por muitos e longos anos.

 

Aspidistra elatior

 

Bambu da sorte (Dracaena sanderiana)

Ao contrário do que o nome sugere, esta planta não é um bambu mas sim um membro da família das Liliáceas, originária das florestas tropicais da África e sudeste da Ásia.

É uma planta perfeita para ambientes com pouca luz. Mantenha a água fresca e limpa para que a planta se desenvolva sem problemas.

 

 

Bambu da sorte

 

Maranta (Maranta leuconeura)

Plantas de interior que preferem zonas de pouca luz.

Gosta de solos húmidos e enriquecidos com matéria orgânica. Esta planta é sensível à falta de água.

 

Maranta leuconeura

 

Dracena (Dracaena fragrans)

As Dracaena fragrans são plantas de interior originárias da África Oriental, Tanzânia e Zâmbia. O nome “fragrans” está relacionado com as flores desta planta que têm um odor forte e adocicado.

Alguns dos problemas mais comuns desta planta estão relacionados com a luz. Se as folhas têm manchas escuras ou perdem a cor é sinal que está a receber luz a mais.

 

Dracena

 

Espada de São Jorge (Sansevieria trifasciata)

Esta planta não exige praticamente qualquer tipo de cuidados. Gostam de pouca luz e somente necessitam ser regadas quando o solo estiver seco.

A espada de São Jorge tem um crescimento rápido relativamente a outras plantas.

 

Espada de São Jorge

 

Dracena de Madagáscar (Dracaena marginata)

Apesar de serem plantas tropicais crescem em ambientes com pouca luz.

Como são bastante resistentes costumam ser usadas para decorar escritórios e outros ambientes de pouca luz ou luz artificial.

Quanto mais colorida for a variedade da sua dracena, menos luz esta irá precisar.

 

Dracaena marginata

 

Camedórea-elegante (Chamaedorea elegans)

Esta é considerada uma planta excelente para purificar o ar de sua casa. Saiba mais: Plantas purificadoras do ar

Esta planta é uma palmeira que cresce facilmente em condições de pouca luz.

 

Chamaedorea elegans

 

Hera do diabo (Epipremnum aureum)

Trata-se de uma planta fácil de se propagar e raramente sofre o ataque de pragas.

Esta hera é perfeita para o cultivo de vasos suspensos e também não necessita de muita luz.

 

Hera do diabo

 

Zamioculcas (Zamioculcas zamiifolia)

Esta planta adapta-se bem a ambientes internos, de pouca luz, sendo resistente e duradoira. Também é pouco exigente com as regas.

Esta planta pode ser tratada da mesma forma que trata as suas suculentas!

 

Zamioculcas

 

Planta aranha (Chlorophytum comosum)

Estas plantas de baixa luminosidade podem ser cultivadas em vasos suspensos pois produzem uma série de hastes com cachos nas pontas.

A planta aranha é muito fácil de propagar basta transplantar esses pequenos cachos.

 

Planta aranha


Fetos

Estas bonitas plantas de interior exigem pouca luz e são perfeitas para qualquer divisão de sua casa.

Mantenha-as longe da luz solar directa e não se esqueça de as regar.

 

Fetos

 

Bromélias

Se está à procura de uma planta tropical colorida que não necessite de muita luz, esta é a opção ideal.

As bromélias crescem melhor em condições de pouca luz e existem em variadas cores.

 

Bromélias

 

 

Escrito por A Senhora do Monte

Uma homenagem ao Portugal das tradições, dos saberes e dos sabores.