Sabe o que são cactos da floresta? Aprenda a cuidar destas plantas!

Gosta de cactos? Sabia que existem 2 variedades de cactos? E será que sabe diferenciá-los?

É muito fácil distinguir as 2 variedades de cactos:

  • Cactos do deserto – são os cactos “tradicionais” e mais vulgarmente conhecidos, geralmente são cobertos por espinhos ou pêlos e muitas vezes crescem com formatos cilíndricos, esferas ou obeliscos.
  • Cactos da floresta – são cactos que crescem em áreas arborizadas, variando de florestas temperadas a regiões subtropicais e tropicais, ex: cactos do Natal (também conhecido por cacto da Páscoa no Brasil, por florescer nesta altura)

 

Tanto os cactos da floresta como os do deserto produzem flores lindíssimas, mas têm hábitos de crescimento muito diferentes.

 

 

Sabe o que são cactos da floresta? Aprenda a cuidar destas plantas!

 

Cactos da floresta

Estes cactos são também conhecidos pelo nome de cactos epífitos e crescem em regiões tropicais e subtropicais em todo o mundo.

O epifitismo é a relação comensal entre duas plantas ou algas na qual uma (epífita) vive sobre a outra (forófito) utilizando-se apenas de apoio e sem dela retirar nutrientes e sem estabelecer contacto com o solo. O epifitismo é muito comum em florestas tropicais onde a competição por luz e espaço não permitem que plantas herbáceas prosperem sobre o solo como é o caso dos cactos da floresta, das Tillandsias (conhecidas como plantas aéreas), bromélias e certas orquídeas.

 

Sabe o que são cactos da floresta? Aprenda a cuidar destas plantas!

 

Este tipo de plantas não criam raízes no solo. Têm o hábito de se fixarem em outras plantas / árvores, rochas, etc. Ao fixarem-se nos tecidos superficiais dos troncos e galhos recebem luz solar e humidade com mais facilidade do que se estivessem directamente no solo.

As plantas epífitas nunca extraem nutrientes dos organismos hospedeiros. As suas raízes superficiais não não absorvem seiva da planta hospedeira, logo não há qualquer relação de parasitismo. Ou seja, não prejudicam de forma alguma a planta hospedeira.

A incidência deste tipo de plantas diminui à medida que se aumenta a distância da linha do Equador e se aproxima de zonas mais secas.

 

Sabe o que são cactos da floresta? Aprenda a cuidar destas plantas!

 

Os cactos são resistentes, mas não são imortais! Por isso, siga as nossas dicas para ter sucesso no cultivo dos cactos do deserto!

 

Temperatura

Durante o período de crescimento gostam de temperaturas entre os 12ºC e os 20ºC. Durante o período de descanso, é essencial uma temperatura fria de 12°C.

 

Luz

Estas plantas gostam de luz brilhante mas não directa.  Devem ser colocados fora de casa durante o verão.

 

Sabe o que são cactos da floresta? Aprenda a cuidar destas plantas!

 

Regas

Devem ser regados como qualquer outra planta de interior durante os meses de verão e também quando os botões começam a aparecer.

Durante o período de repouso somente regue quando o solo estiver seco ao toque.

 

Fertilizante

Fertilizar durante a estação de crescimento com um adubo padrão. O transplante deve ser feito no início do período de crescimento.

 

Sabe o que são cactos da floresta? Aprenda a cuidar destas plantas!

 

Problemas mais comuns

Como as suculentas e o cactos do deserto não devem ser muito regados durante o período de repouso.

Demasiada água irá fazer com que as raízes apodreçam. Caso a podridão das raízes esteja numa fase avançada só pode ser tratada fazendo novas estacas. Felizmente, estas plantas são muito fáceis de enraizar através de estacas.

Outro problema comum é a falta de floração que geralmente é causada por um período de repouso inadequado e por não colocar a planta fora de casa durante os meses de verão.


Se gosta de cactos, leia também:

Sabe o que são cactos do deserto? Aprenda a cuidar destas plantas!

 

Sabe o que são cactos da floresta? Aprenda a cuidar destas plantas!

Escrito por A Senhora do Monte

Uma homenagem ao Portugal das tradições, dos saberes e dos sabores.