Aprenda a propagar e a cuidar dos seus fisalis

Depois de crescidas, as plantas de fisalis são fáceis de manter. Aprenda a propagá-las de forma fácil e eficiente!

Este fruto é também conhecido por capucha, tomate de capuz, tomate capucho, alquequege e lanterna chinesa!

Os fisalis são facilmente encontrados à venda em supermercados, mas normalmente o seu preço é bastante alto. Por este motivo, esta é a altura ideal para aprender a propagar fisalis e ter um vaso lá em casa!

Se gosta de fisalis, leia também:

Fisalis – Benefícios deste super alimento

 

Propagação de fisalis

Através de sementes

Comece por comprar as sementes ou obtenha-as do próprio fruto. 

Basta abrir o fruto, remover as sementes com a ajuda de um palito ou de uma pinça.

Limpe e seque as sementes num pedaço de papel absorvente.

As sementes podem ser semeadas em pequenos vasos ou em tabuleiros próprios para sementeiras. Faça regas frequentes com um borrifador de forma a que a terra se mantenha húmida. Os vasos / sementeira devem ser colocados numa zona fresca e com luz, à temperatura ambiente.

A altura ideal para este tipo de propagação é no início do ano (Fevereiro/Março).

Em Maio, já será altura para transplantar os seus fisalis para vasos maiores de 10 Litros (varanda ou terraço) ou para o seu jardim.

No caso de plantar os fisalis no jardim, mantenha uma distância entre eles de 80 centímetros.

 

Através de estacas

Esta opção é ideal para quem vive em regiões mais frias –  os fisalis são conhecidos por demorarem mais tempo para crescer/amadurecer em ambientes frios. Se optar pela propagação através de estacas irá ganhar tempo e não terá de esperar que as sementes brotem.

No Outono, retire estacas de plantas adultas com, pelo menos, 10cm de comprimento. O corte deve ser feito na diagonal (o mais longo possível) para facilitar a absorção de água e nutrientes.

Cada estaca deve ser plantada num vaso com terra adubada. Nos meses de frio e geada mantenha os vasos num local protegido mas com exposição solar. Se tudo correr bem, as mudas poderão ser transplantadas em meados de Maio.

 

Propagação de fisalis

 

Como manter os fisalis durante invernos rigorosos

Se a zona onde vive sofre invernos muito frios deverá mudar os seus fisalis para vasos. O transplante deve ser feito antes da chegada dos meses frios.

Mantenha os vasos num local com uma temperatura de cerca de 10 a 15ºC. Também pode “desbastar” as plantas a um terço do seu tamanho para estimular o crescimento de novos rebentos na Primavera.

 

Manutenção dos fisalis

Esta planta gosta de regas frequentes.

Quanto a nutrientes não é muito exigente e geralmente não necessita de fertilizantes.

Se o cultivo e a manutenção da planta correr bem poderá colher frutos durante todo o Verão e por vezes até ao Outono.

A altura ideal para colher os frutos é quando estes ficam com uma tonalidade alaranjada.

Caso colha os frutos antes do tempo, estes dificilmente irão amadurecer depois de serem colhidos.

Os frutos podem ser consumidos crús e duram até 2 semana após terem sido colhidos.

 

Aprenda a propagar e a cuidar dos seus fisalis

 

Escrito por A Senhora do Monte

Uma homenagem ao Portugal das tradições, dos saberes e dos sabores.