Azulejos - Os melhores locais onde pode apreciar esta arte tão portuguesa!

O azulejo é uma das marcas mais distintas daquilo que é a cultura portuguesa e faz parte da constituição de muitos dos edifícios e espaços públicos.

Na arte de azulejar, os portugueses têm 500 anos de tradição e com muita originalidade.

A palavra “azulejo” vem do árabe “azzelij”, que significa pequena pedra polida usada para desenhar mosaico bizantino do Próximo oriente!
A forma como os árabes usavam os azulejos para decorar chão e paredes agradou aos reis portugueses que lhes deram um lugar privilegiado na sua arquitetura a partir do século XV.

Após o terramoto de 1755 houve uma urgência na reconstrução da cidade lisboeta, e levou a que o azulejo voltasse a ser produzido e aplicado com mais frequência que antigamente.
Devido ao seu baixo custo, permitia a aplicação rápida nas várias fachadas da cidade, contando com a presença de figuras religiosas de protecção contra as adversidades naturais.

 

Azulejo português

Museu do azulejo

Neste museu poderá contemplar vários exemplares desde o séc.XV até à actualidade.
A sua obra mais emblemática é um painel de 1300 azulejos com 36 metros de comprimento que ilustram Lisboa antes do terramoto.

Localização: R. Me. Deus 4, 1900-312 Lisboa

Site: museudoazulejo.gov.pt

 

Azulejos - Os melhores locais onde pode apreciar esta arte tão portuguesa!

Museu de Lisboa – Palácio Pimenta

Museu de Lisboa é o novo nome do Museu da Cidade. Este revela as histórias da cidade sob diferentes perspectivas. O useu inclui 5 núcleos: Palácio Pimenta, Teatro Romano, Santo António, Torreão Poente e a Casa dos Bicos.
O seu propósito é o de revelar Lisboa de diferentes formas, para dar a conhecer a riqueza de uma das cidades mais antigas da Europa.

O Palácio Pimenta foi construído por D. João V para uma freira, sua amante e mantém uma colecção de achados arqueológicos, escultura e pintura e ainda uma grande e importante colecção de azulejos.

Localização: Campo Grande, 245, 1700 – 091 Lisboa

Site: museudelisboa.pt

 

Azulejos - Os melhores locais onde pode apreciar esta arte tão portuguesa!

Palácio Nacional de Sintra

O Palácio Nacional de Sintra exibe a maior coleção de azulejos hispano-mouriscos da Europa, provenientes na sua maioria de Sevilha.
Neste local, os azulejos tornam-se instrumento de valorização estética dos espaços e reflexo do encontro harmonioso entre a arte cristã e a muçulmana.

Localização: Largo Rainha Dona Amélia, 2710-616 Sintra

Site: parquesdesintra.pt

 

Azulejos - Os melhores locais onde pode apreciar esta arte tão portuguesa!

Fábrica Viúva Lamego

A Fábrica de Cerâmica Viúva Lamego, como o próprio nome indica, é uma fábrica de cerâmica que foi construída entre 1849 e 1865, onde antigamente existia uma oficina de olaria.

Hoje em dia existe apenas a exposição e venda de azulejos dado que a parte fabril (produção de azulejos industriais e artísticos) foi mudada para outro local.

É de salientar a fachada decorada, na sua totalidade, por um revestimento feito em azulejos figurativos do séc. XIX,

Localização: Largo do Intendente Pina Manique, 1150-007 Lisboa

Site: viuvalamego.com

 

Azulejos - Os melhores locais onde pode apreciar esta arte tão portuguesa!

Palácio dos Marqueses de Fronteira

Por incrível que pareça, este palácio ainda se encontra habitado pelos descendentes dos marqueses que o inauguraram em 1675.
Para além de muito bem mantido, pode ser visitado mediante visitas guiadas – tanto ao interior como aos seus magníficos jardins.

Neste palácio poderá contemplar uma grande e notável colecção de azulejos, sendo considerado uma das mais importantes e extraordinárias de todo o mundo.

Localização: Largo São Domingos de Benfica 1, 1500-554 Lisboa

Site: fronteira-alorna.pt/

 

Azulejos - Os melhores locais onde pode apreciar esta arte tão portuguesa!

Fábrica Sant`anna

É a última e grande fábrica de azulejos artesanais da Europa que começou por ser uma pequena olaria de barro vermelho.

Em 1755, o terramoto de grandes dimensões que devastou Lisboa fez com que a reconstrução da cidade fosse essencial e urgente. Foi nessa altura que o azulejo se tornou moda, muito em parte devido ao seu baixo custo quando comparado com outros revestimentos como a pedra.

Com o crescimento elevado da procura deste tipo de material a, outrora pequena olaria, viu-se obrigada a iniciar a produção de azulejos decorativos que viriam a fazer parte da decoração das fachadas de muitos prédios em Lisboa.

Na fábrica Sant’anna, os painéis de azulejos são obras únicas, razão pela qual todos são assinados comprovando a autenticidade dos mesmos.

Localização:
Rua do Alecrim 95, Lisboa
Calçada Boa Hora 96, Lisboa (novas instalações)

Site: santanna.com.pt

 

Azulejos - Os melhores locais onde pode apreciar esta arte tão portuguesa!

Convento dos Cardeaes

Neste convento existe um importante conjunto de de 11 painéis figurativos de azulejos azuis e brancos. Estes painéis são datados de 1692, da autoria do holandês Jan van Oort – proprietário de uma das principais fábricas de azulejos de Amsterdão.

Estes painéis narram a história de Santa Teresa de Ávila – santa venerada neste convento.

Localização: Rua de O Século 123, 1200-434 Lisboa

Site: conventodoscardaes.com

 

Azulejos - Os melhores locais onde pode apreciar esta arte tão portuguesa!

 

 

Escrito por A Senhora do Monte

Uma homenagem ao Portugal das tradições, dos saberes e dos sabores.