Blog

Ervilhas-de-cheiro – Aprenda a cuidar desta planta

em Jardim/Horta
Ervilhas-de-cheiro - Aprenda a cuidar desta planta

As ervilhas-de-cheiro são plantas com um aroma inconfundível. O nome científico desta leguminosa é Lathyrus odoratus.

É originária do sudoeste da Itália e das ilhas do Mediterrâneo, sendo uma planta cultivada para uso em jardins desde o século XVII.

As ervilhas-de-cheiro, para muitos, é uma lembrança dos belos jardins mantidos pelos nossos avós.

Em Portugal nascem de forma selvagem em terrenos e encostas. As suas cores vibrantes embelezam qualquer paisagem.

Esta planta é muito fácil de cultivar e mantêm-se durante uma estação desde que as flores murchas sejam removidas com alguma frequência.

Ao contrário das outras ervilhas, estas são tóxicas e as sementes não devem ser ingeridas por seres humanos ou animais de estimação. Leia também:

Esta planta produz flores com uma grande variedade de cores, que incluem a cor roxa, azul, vermelho, rosa e branco.

Estas flores aparecem na altura da Primavera anunciando o início do Verão. A grande variedade de cores, o formato e a delicadeza destas flores fazem lembrar borboletas. Felizmente, os caules desta planta são resistentes o suficiente para sustentar as suas flores abundantes.

Estas ervilhas são plantas úteis para ter na horta pois atraem abelhas e outros polinizadores. Podem ser cultivadas ao redor das hortas ou misturadas com o feijão. Também podem deixá-las crescer em aglomerados e assim atingirão uma altura de cerca de 60 cm.

Ervilhas-de-cheiro - Aprenda a cuidar desta planta

Ervilhas-de-cheiro

Luz e temperatura

São plantas trepadeiras anuais que gostam de verões frescos. Gostam de sol em abundância mas também se dão bem em locais que recebam sol parcial, especialmente à tarde.

Solo

Preferem solos fertéis e bem drenados ricos em matéria orgânica. Um pH do solo ligeiramente alcalino (cerca de 7,5) é o ideal para estas ervilhas.

Sementeira

As ervilhas-de-cheiro geralmente são semeadas directamente no local definitivo. Para ajudar na germinação das sementes devem colocá-las dentro de água, durante várias horas, antes de as semearem.

As sementes devem ser enterradas a 2 ou 3 cm de profundidade.

Ervilhas-de-cheiro - Aprenda a cuidar desta planta

Regas

Durante a estação de crescimento, as ervilhas necessitam de regas e de serem fertilizadas. No entanto, não gostam de solos demasiado encharcados.

Fertilização

Fertilize as suas ervilhas-de-cheiro, mensalmente, com um fertilizante rico em potássio. Leia também:

Manutenção

Assim que as plantas atinjam uns 15 cm de altura pode cortar as pontas para incentivar a planta a tornar-se mais forte.

Assim que comecem a produzir flores, pode ir cortando algumas para embelezar as jarras lá de casa. As ervilhas-de-cheiro continuarão a florir.

Pragas

Existem poucas pragas ou problemas associados às ervilhas de cheiro. No entanto, os coelhos e as lebres gostam de se alimentar desta planta. Portanto se quiser manter esta planta deverá protegê-las destes bichanos peludos. Leia também:

Como controlar os ataques de coelhos à sua horta

Como controlar os ataques de coelhos à sua horta

Ervilhas-de-cheiro - Aprenda a cuidar desta planta

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *