Tradições de Natal bem Portuguesas!

São várias as tradições de Natal que fielmente repetimos todos os anos, mas será que conhecemos o significado e origem delas?

Tradições de Natal

O Presépio

Centrado no nascimento de Jesus Cristo, o presépio é uma recriação deste importante momento para os cristãos, que procura contar esta história importante para todos os fiéis. Falamos de uma tradição que já remonta ao séc. XVI mas existem relatos desta recriação até ao séc. III – bastante tradicional portanto. O cenário gira em torno de José, Maria e Jesus, um estábulo e os 3 Reis Magos; mas nalguns casos são introduzidas mais personagens e elementos!

Missa do Galo

Sendo um dos mais importantes momentos da Igreja Católica, esta missa é celebrada à meia noite com o objectivo de assinalar o nascimento de Jesus Cristo – na noite de 24 para 25 de Dezembro. Segundo a lenda, um galo teria cantado a esta hora, assinalando a chegada do messias. Depois da missa, a tradição das famílias portuguesas é voltar a casa, colocar a figura do menino Jesus no presépio e iniciar a troca de presentes!

 

Tradições de Natal bem Portuguesas!

Consoada

Apesar de antigamente este período de celebração ser feito em jejum, lentamente foi substituído por uma refeição chamada popularmente de consoada. No início consistia numa refeição leve de peixe mas hoje é composta pelo tradicional bacalhau, batatas e couves, seguida claro de diversos doces bem típicos (e deliciosos). Em paralelo, diz a tradição que tanto a mesa não deve ser levantada como os pratos usados não devem ser lavados: fica a mesa posta durante a noite em homenagem aos familiares e amigos falecidos.

Árvore de Natal

Talvez o mais reconhecido símbolo de Natal, a época natalícia não tem sal se não tiver uma árvore bem ornamentada e colorida na decoração da casa. Com origem no séc. XVI, a tradição começou na Alemanha onde o povo decorava pinheiros com papéis coloridos, frutas e doces. Rapidamente se espalhou pela Europa e pelo Ocidente e é hoje o primeiro sinal que o Natal está a chegar! O pinheiro foi escolhido pela sua forma triangular, cuja simbologia representa a santíssima trindade: Pai, Filho e Espírito Santo.

Leia também: Árvore de Natal – saiba qual a origem deste símbolo de Natal

Tradições de Natal bem Portuguesas!

 

Presentes

A troca de presentes durante o solstício de inverno recua há quase 10 mil anos, normalmente excedentes alimentares. Era uma forma de assinalar o dia mais curto do ano – e a noite mais longa – aguardando dias melhores (mais sol, mais calor e nova época agrícola). Em muitas civilizações e culturas anteriores ao cristianismo esta já era uma prática corrente, sendo que foi absorvida e passou a simbolizar a entrega de oferendas ao meninos Jesus pelos Reis Magos.

Se está com falta de ideias para presentear os seus amigos e familiares, leia também: Ideias originais para presentes de Natal

Pai Natal

A figura do Pai Natal nasce com a figura de São Nicolau, um santo Bispo da cidade turca de Myra – que ficou conhecido pela sua generosidade (e santidade, claro) em diversos actos de solidariedade que teve ao longo da sua vida. Este santo, era venerado por salvar marinheiros de tempestades, acudir as crianças e dar presentes aos pobres; e existem dezenas de lendas associadas a esta figura – durante e após a sua morte – que ao longo dos tempos se espalhou na Europa e o caracterizou como um generoso dador de prendas. A festa do Pai Natal, conhecida como São Nicolau, era originalmente celebrada a 6 de Dezembro mas depois da reforma cristã os protestantes alemães associaram a presença do Pai Natal ao 25 de Dezembro. Durante o século XVIII e sobretudo séc. XIX, com o desenvolvimento industrial e associada uma conhecida marca de refrigerantes, o Pai Natal ganhou a imagem, e cores, que conhecemos actualmente – tornando-se uma figura icónica do Natal.

 

Tradições de Natal bem Portuguesas!

Meias de Natal

Reza a história que um comerciante falido (e viúvo) que queria casar as suas 3 filhas sentia-se frustrado pois não tinha meios para tal. São Nicolau, atento, quis dar uma ajuda discreta e durante a noite atirou um saco com moedas de ouro para a sala da família (alguns dizem que pela janela, outros pela chaminé). Estas moedas terão ficado perto de meias que secavam perto da lareira, nascendo então a tradição das meias na chaminé (e os presentes que surgem durante a noite, pela mão do Pai Natal).

Azevinho

O azevinho é um arbusto europeu de crescimento lento, que floresce durante o inverno. É um elemento tradicional na decoração natalícia pois simboliza amor e esperança, assim como protecção. Era já uma planta sagrada antes do cristianismo, em muitas culturas e religiões, tendo mantido a sua simbologia. Infelizmente dada a desflorestação actual já tanto é difícil encontrar esta planta como é proibido por lei a sua apanha e corte – recomendamos que caso tenha espaço adopte um azevinho para que amor, esperança e protecção nunca lhe falte!

Caso não saiba as bagas do azevinho são tóxicas e mortais, atenção.

Saiba mais sobre o azevinho aqui.

 

Tradições de Natal bem Portuguesas!

Bolo Rei

Talvez uma das tradições de Natal mais saborosas e apreciadas, o Bolo Rei é consumido entre o Natal e o Dia dos Reis (8 de Janeiro). A forma redonda simboliza uma coroa, sendo que à massa são acrescentadas frutas cristalizadas que dão cor (e sabor) a esta iguaria! Tradicionalmente o bolo traz ainda uma fava, que concede um desejo ao sortudo a quem calhar a fatia!

Leia também: Conheça a história do Bolo Rei

 

Postais de Natal

Talvez uma das tradições de Natal mais recentes, trata-se de um hábito que nasceu em Inglaterra com o Sir Henry Cole – que tipicamente enviava a um grande número de familiares, amigos e conhecidos, uma carta a desejar as boas festas. Para simplificar, o nobre criou um postal com uma imagem e mensagem. A peça criada gerou tanta polémica na sociedade da altura que o conceito acabou por se generalizar. Em Portugal este hábito surge mais associado à solidariedade para com a Unicef, mas é já um hábito muito comum o envio de postais a desejar um Bom Natal e Feliz Ano Novo!

Conhece mais Tradições de Natal Portuguesas? 

 

Tradições de Natal bem Portuguesas!

Escrito por A Senhora do Monte

Uma homenagem ao Portugal das tradições, dos saberes e dos sabores.