Como livrar as suas plantas de interior dos ataques dos pulgões!

Livrar-se dos ataques dos pulgões nas suas plantas de interior pode levar algum tempo – mas nós temos a solução!

Os pulgões são pequenos insectos que se acumulam em plantas e flores durante a sua fase de crescimento.

 

Pulgões

Estes insectos, também conhecidos por afídeos, alimentam-se de plantas e são uma das pragas mais comuns no jardim / horta. Mas por vezes os pulgões entram nos nossos lares e atacam as nossas plantas de interior.

Um dos grandes problemas desta praga é o facto desta se alastrar rapidamente pois não existem predadores naturais em ambientes fechados.

Estes insectos normalmente são verdes mas quando atingem a idade adulta podem variar de cor: vermelho, azul, castanho, etc.

Por vezes esta praga mistura-se tão bem com a cor das folhas que só notará quando as suas plantas começarem a murchar.

Os pulgões sugam a seiva presente nos rebentos, folhas e flores. Estes gostam de se aglomerar de tal maneira que a sua presença começa a atrofiar as plantas.

Enquanto se alimentam, os pulgões libertam um resíduo pegajoso – ora aqui está uma forma para se aperceber da sua presença mesmo antes de conseguir ver estes pequenos insectos.

Os danos dos pulgões numa planta de interior geralmente não são catastróficos – seria necessário mesmo muito tempo para conseguirem matar uma planta de grande porte.

Os afídeos multiplicam-se rapidamente. Só para ter uma noção, o ciclo de vida de um pulgão dura apenas uma semana. Por isso, a partir do momento em que os ovos eclodirem os indivíduos irão crescer rapidamente chegando à fase adulta, fase essa em que começam a pôr ovos. Daí a multiplicação destes insectos ser tão grande e rápida!

Os ovos dos afídeos são muito pequenos, quase imperceptíveis. Mas se, antes de encontrar afídeos adultos, notar pequenas manchas brancas ao redor da base das suas plantas – as chamadas ninfas dos pulgões / afídeos.

Sempre que vir estas manchas brancas nas suas plantas já sabe que dias depois irá encontrar pulgões adultos.

 

Pulgões

 

De onde vêm os pulgões?

Possivelmente será difícil descobrir de onde vieram os pulgões que estão a atacar as suas plantas. Mas estes podem aparecer através:

  • de uma planta que passou o verão no exterior ;
  • flores frescas que trouxe para casa;
  • uma nova planta que trouxe para casa;
  • terem voado e entrado pela janela durante o verão.

 

Formigas

As formigas podem ser a causa do seu problema!

Tal como acontece com as cochonilhas, as formigas levam pulgões até uma planta para que possam alimentar-se do resíduo pegajoso que estes produzem quando se alimentam.

Por isso, se tem formigas em casa, estas podem muito bem estar a causar esta praga.

Leia também:

Repelentes naturais para afastar formigas

Pó repelente que ajuda a afastar as formigas

Produto caseiro de limpeza de bancadas para afastar formigas

 

Métodos naturais para se ver livre dos ataques dos pulgões

Assim que descobrir pulgões numa planta é importante agir rápido! Quando a planta hospedeira original fica superlotada, os pulgões começam a migrar voando facilmente para outras plantas.

Os pulgões podem tornar-se imunes a pesticidas sintéticos, portanto o melhor será usar produtos e métodos naturais.

A primeira coisa que deve fazer é colocar a planta infestada em quarentena e limpar completamente a área onde essa planta estava.

Inspecione muito bem todas as plantas que se encontravam perto da planta afectada. Certifique-se de que não há qualquer sinal de pulgões (manchas brancas, resíduos pegajosos, etc).

A seguir, deverá começar a tratar a planta infestada.

 

Como livrar as suas plantas de interior dos ataques dos pulgões!

 

Água com sabão

Lave toda a planta com água e sabão. No caso de plantas grandes use a banheira ou o lava-loiças para colocar a planta.

Comece por pulverizar um forte fluxo de água para retirar os pulgões que estão à vista desarmada.

A seguir, lave as folhas com uma solução de água com sabão. Use sabão azul e branco para não danificar as suas plantas.

Observação: Algumas plantas podem reagir mal à sabonária por isso teste primeiro numa só folha.


A água com sabão é, sem dúvida, a melhor forma de matar os pulgões presentes nas suas plantas. Pode levar algum tempo a ver-se livre da praga. Repita o procedimento até ter a certeza de que os insectos desapareceram!

 

Álcool

Outro tratamento natural é esfregar as folhas das suas plantas com álcool.

Use um cotonete embebido em álcool para lavar as partes afectadas.

Também pode pulverizar uma solução de 50% de água com 50 % de álcool.

Observação: Antes de borrifar toda a planta com a solução de álcool teste numa folha da planta para ter a certeza que não a irá danificar.

 

Fitas adesivas para insectos voadores

Alguns pulgões possuem asas e quando são destabilizados por nós resolvem migrar de uma planta para a outra.

Estas fitas podem ajudar a apanhar alguns. Disponha algumas nas proximidades das suas plantas.

 

Como impedir uma nova praga?

Os pulgões são adversários difíceis e pode levar algum tempo para eliminá-los por completo, especialmente quando se tem muitas plantas.

Verifique com alguma frequência se existem sinais de pulgões nas suas plantas;

Sempre que levar para casa uma nova planta coloque-a de quarentena durante vários dias até ter a certeza de que esta não está infestada;

Limpe as plantas que tem no exterior antes de as trazer para dentro de casa.

Tenha paciência, persista e não desista!

 

 

Como livrar as suas plantas de interior dos ataques dos pulgões!

 

Escrito por A Senhora do Monte

Uma homenagem ao Portugal das tradições, dos saberes e dos sabores.