Sabonete caseiro de rosas

Este sabonete é indicado para todos os tipos de peles.

Ingredientes:

  • 850g de azeite
  • 115g de soda cáustica
  • 320g de água destilada
  • 40 a 70 gotas de óleo essencial de rosas
  • taça de vidro temperado
  • colher de pau
  • formas de plástico ou silicone
  • folhas secas de rosas

Numa zona exterior ou com a janela bem aberta mistura numa taça de vidro a água e a soda, com uma colher de pau. Tenha bastante cuidado para não se queimar pois a reacção vai aquecer bastante a água. Deixe repousar 30min até arrefecer.

 

Antes de começar a fazer o seu sabonete prepare antecipadamente o azeite. Através da técnica – maceração – faça um óleo de pétalas de rosas para intensificar o aroma.

 

Numa panela aqueça o azeite (45º). Quando estiver quente desligue o lume e adicione a água com soda (arrefecida). Misture bem, adicione as gotas de óleo essencial, as folhas de rosa e distribua o preparado em formas. Deixar repousar durante 1 mês num local seco e arejado.

 

Leia também:

Como obter os princípios activos das plantas

Propriedades e indicações terapêuticas das rosas

Água de rosas caseira

Tintura caseira de rosas

Aprenda a propagar roseiras em batatas

Compota de pétalas de rosas

Escrito por A Senhora do Monte

Uma homenagem ao Portugal das tradições, dos saberes e dos sabores.

  • Florbela Graça

    um conselho de quem anda nisto dos sabões naturais: em vez de 850g usem 900g de azeite. a receita acima não deixa nenhuma percentagem de azeite livre (sem saponificar), enquanto com os 900g (alem de ser a receita “original” do sabão de castilla, deixa uma percentagem de 5% de azeite livre o que o torna mais suave para a pele, sem correr riscos de haver ainda alguma soda caustica por neutralizar.

    • A Senhora do Monte

      Obrigado pelo conselho, mas note que este sabonete não é a receita do Sabonete de Castela (ou de Azeite que temos publicado também), tendo sido recolhido numa fonte de confiança (existem mesmo muitas fórmulas diferentes, apesar do “castilla” ser muito comum em Portugal). O tempo de espera assegura que toda a soda é neutralizada, não existe qualquer risco no produto final. Obrigado por nos acompanhar! 🙂

  • Pingback: Água de rosas caseira()