Kefir

O kefir é uma bebida fermentada extremamente rica em nutrientes e probióticos.

A palavra kefir vem provém do turco “Keif”, que significa “sentir-se bem” ou “bem estar”.

Diz-se que o kefir é originário do Cáucaso, uma região que divide a Europa Oriental e a Ásia Ocidental.

Conta a lenda que o povo desta região terá recebido os grãos como presente de Alá – daí ser conhecido como o grão da vida.

Os grãos eram colocados em leite de vaca, cabra ou ovelha e depois eram armazenados em bolsas de couro – onde este fermentava e se transformava num iogurte azedo.

Dizem que as pessoas daquela região atingiram uma longevidade devido ao consumo do kefir.

 

Basicamente, o kefir é uma colónia de leveduras e microorganismos. Esta simbiose complexa contém mais de 30 tipos de microflora que formam os grãos. Enquanto a cultura fermenta o açúcar presente no leite, a colónia vai crescendo e proliferando formando novos grão – sendo este um processo infinito.

A sua aparência faz lembrar a couve-flor.

No processo de fermentação, o kefir fica nutricionalmente mais rico e cheio de probióticos. São mais de 30-40 tipo de lactobacilos/bactérias diferentes.

Estas bactérias resistem aos sucos gástricos e sais biliares (durante a digestão) e irão repovoar o nosso intestino. Desta forma, as bactérias chegam vivas e em quantidade suficiente para promover os efeitos benéficos no nosso organismo.

Um dos efeitos benéficos acontece durante o processo de fermentação – a quantidade de lactose presente no leite diminui drásticamente – fazendo com que este produto possa ser consumido por intolerantes à lactose.

Tenha atenção que o kefir não é comercializado!

Para conseguir este produto natural e fantástico terá de encontrar alguém que o tenha e lhe dê uma parte. Existem variados grupos de doadores de kefir tanto no Facebook como no Instagram. É só fazer uma pesquisa rápida.

 

Conheça o kefir do leite e quais os seus benefícios para a nossa saúde!

 

Kefir e os seus benefícios:

  • rico em vitaminas, minerais, aminoácidos e enzimas ( vitamina A, B2, B12, D e K; cálcio, fósforo e magnésio)
  • rico em triptofano ( aminoácido que age no sistema nervoso combatendo a depressão e o stress)
  • propriedades antibióticas
  • propriedades anti-fúngicas
  • previne problemas de digestão
  • previne problemas cardíacos
  • previne o aparecimento de diversos tipos de cancro
  • combate alergias
  • ajuda a regular a hipertensão
  • promove o sistema imunitário

 

Como deve introduzir o kefir na sua alimentação?

Todos nós deveríamos incluir nas nossas dietas diárias alimentos fermentados.

Inicialmente o gosto do kefir pode não ser muito agradável, especialmente para as crianças. O seu sabor é parecido com um iogurte natural mas com um gosto mais ácido. Experimente misturá-lo com frutas, vai ver que resolverá esse problema facilmente.

 

É importante referir que o kefir não pode ser aquecido acima dos 40ºC, caso contrário perderá todo o seu efeito probiótico!

 

Observações:

Não existe uma quantidade diária recomendada nem tão pouco qualquer tipo de contra-indicação, quanto ao seu seu consumo.

Como qualquer alimento novo  que introduza na sua dieta diária, deve ser consumido em pequenas quantidades, no início, até que o seu organismo se habitue.

Comece por beber 1/4 de copo de kefir por dia e vai aumentando a dose gradualmente.

 

Kefir

 

Escrito por A Senhora do Monte

Uma homenagem ao Portugal das tradições, dos saberes e dos sabores.