Blog

Favas – Aprenda a semear esta leguminosa tão adorada em Portugal

em Jardim/Horta
Favas - Aprenda a semear esta leguminosa tão adorada em Portugal

Para quem gosta de produzir a sua própria comida e tem uma horta ou um jardim não vai querer deixar de produzir umas belas favas deliciosas!

O seu cultivo remonta há séculos pelos povos antigos Gregos, Egípcios e Romanos.

As favas são extremamente ricas em proteínas, fibras, antioxidantes e também em ácido fólico.

Dizem que se deve incluir leguminosas na alimentação, pelo menos, 3 vezes por semana, na quantidade diária de duas porções. No caso da fava, uma porção corresponde a 3 colheres de sopa de favas frescas crúas ou confecionadas (80g).

Favas - Aprenda a semear esta leguminosa tão adorada em Portugal

Benefícios das favas

  • Diminui o risco de doenças cardiovasculares;
  • Ajuda a controlar os níveis de colesterol;
  • Ajuda no bom funcionamento do sistema nervoso;
  • Melhora o funcionamento do sistema digestivo;
  • Ajuda a controlar problemas como a obesidade e a diabetes;
  • Previne o aparecimento de anemias;
  • Regula o funcionamento do intestino;
  • Previne o aparecimento de cancro nos intestinos.

Como semear favas

Sementeira / Plantação

Podem ser semeadas no final do Outono, no Inverno e também no início da Primavera. Mas tenha em atenção que as sementes não germinam com temperaturas acima dos 20ºC.

Em climas temperados e sementeira é feita no Outono. Em climas frios, deve ser feita na Primavera.

Pode fazer uma sementeira ou plantar directamente no local definitivo.

Faça pequenas covas 50 cm espaçados entre si e coloque 3 a 4 sementes em cada cova a uma profundidade de 5 cm. Entre linhas devem deixar o espaço de 1 metro.

As plantas devem ficar bem espaçadas para facilitar o arejamento e também uma maior percentagem de flores fertilizadas.

Semeie directamente numa zona previamente utilizada por uma cultura exigente, por exemplo: milho, couves, etc.

As sementes germinam ao final de 4 a 6 dias.

Quinze dias após a germinação é necessário fazer um desbaste deixando apenas 2 plantas por cova.

Favas - Aprenda a semear esta leguminosa tão adorada em Portugal

Tipo de solo

Esta planta tolera a salinidade e gosta de solos duros e pouco férteis.

Temperatura / Luz

As favas necessitam de uma boa exposição solar.

Regas

Faça regas frequentes mas moderadas especialmente em alturas de maior seca.

Na altura da floração evite regas em excesso para não afectar a colheita.

Manutenção

Quando as favas atingirem os 10 cm de altura devem “sachar” as ervas que nascerem à volta da planta. Aproveite para fazer uma cobertura morta de solo.

Mantenha-as protegidas de ventos fortes.

Para as variedades que crescem mais em altura deve apoiá-las em estacas. Tal como se faz com os feijões e os tomates.

Assim que começarem a dar flor as partes superiores da planta devem ser desbastadas (remova a vegetação acima da penúltima flor). Isto previne o aparecimento de pragas e doenças e também estimula a formação de vagens mais fortes.

Colheita

A colheita realiza-se mais ou menos 90 dias depois de serem semeadas (dependendo das variedades). Podem ser colhidas até ao final do Verão.

Favas - Aprenda a semear esta leguminosa tão adorada em Portugal

Pragas e doenças

As favas são frequentemente vulneráveis aos pulgões e também podem ser susceptíveis ao míldio e outros fungos. Leia também:

Plantas companheiras

Batatas, aipo, repolho, alcachofra, chalotas, milho.

Conservação

As favas devem ser consumidas frescas, mas caso as queira conservar opte por congelá-las (retirando os grãos das vagens).

Dica: Pode escaldá-las em água quente antes de as congelarem. Dizem que ficam mais tenras.

Aprenda a fazer este prato típico português:

Também pode optar por secá-las – espalhando-as num tabuleiro e colocá-las ao sol durante 5 dias. Depois disso já estão prontas para serem armazenadas.

As vagens podem ser colocadas no seu compostor. Leia também:

Favas - Aprenda a semear esta leguminosa tão adorada em Portugal

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *