Propriedades e indicações terapêuticas - Girassol

O girassol (Helianthus annuus) pertence à família Asteraceae.

É uma planta originária da América do Norte. Por volta do ano 1000 a.C. os girassóis eram cultivados pelos povos indígenas para alimentação.

Em 1569, os espanhóis trouxeram o girassol para a Europa acabando por se espalhar pelo resto do mundo.

 

Francisco Pizarro (conquistador e explorador espanhol) encontrou diversos objetos incas e imagens moldadas em ouro que fazem referência aos girassóis como o seu deus do Sol.

O girassol tem este nome pois a sua flor acompanha a trajectória do sol, do nascente ao poente.

 

Deus Sol

 

O caule dos girassóis podem atingir até 3 metros de altura, porém existem variedades anãs, que não passam dos 45 cm de altura.

Os caules são erectos e grossos podendo sustentar uma única flor ou várias. As suas pétalas são amarelas.

As suas flores assemelham-se  a margaridas gigantes e têm de 20 a 70 cm de diâmetro.

Já as suas folhas podem inibir o crescimento de plantas daninhas através do fenômeno alelopatia.

As suas sementes são comestíveis.

 

Os girassóis reproduzem-se através de sementes, preferindo solos profundos, férteis, com boa drenagem e acidez média e fraca.

São resistentes à seca e às baixas temperaturas. Produz-se bem em climas tropicais, subtropicais e temperados.

A característica particular desta espécie é que as suas flores giram em direcção da luz solar, e vão girando sobre o caule ao longo do dia.

O girassol é uma flor simbólica que significa fama, sucesso, sorte e felicidade.

Na Hungria acredita-se que as sementes do girassol curam problemas de infertilidade. Acreditam também que as sementes colocadas no parapeito de uma janela numa casa onde exista uma mulher grávida, o filho será do sexo masculino.

 

 

Propriedades e indicações terapêuticas - Girassol

 

O girassol é um símbolo da páscoa, apesar de poucas pessoas saberem. O girassol é um dos símbolos pascais menos conhecidos em algumas regiões.

Para sobreviverem, os girassóis precisam ter as suas flores voltada para o sol, do nascente ao poente. Segundo os cristãos, os seres humanos também devem estar voltados para o Sol – Cristo garantindo a luz e a felicidade.

Propriedades e indicações terapêuticas

  • diurético
  • antigripal
  • expectorante
  • febrífuga
  • tónica
  • cardíaca
  • estomáquica
  • antinevrálgica
  • dores de cabeça
  • distúrbios nervosos
  • febre
  • contusões
  • escoriações
  • infecções pulmonares
  • garganta inflamada
  • ajuda a abrir o apetite
  • infecções no estômago

 

Propriedades e indicações terapêuticas - Girassol

 

Uso interno:

  • Abrir o apetite – Misture 1 colher de sopa de sementes descascadas a 1 colher de sopa de mel e amasse bem com a ajuda de um almofariz. Coma antes das principais refeições;
  • Gripes, constipações, febres intermitentes, problemas de estômago – Coloque 2 colheres de sopa de folhas fatiadas numa chávena de chá de álcool de cereais a 60%. Deixe a macerar durante 8 dias num local quente. Por fim, coe e armazene num frasco de vidro escuro. Tome 1 colher de café desta mistura, diluída num pouco de água, 2 vezes ao dia;
  • Dores de cabeça – Coloque 1 colher de sopa de sementes descascadas numa chávena de chá com água a ferver. Deixe actuar durante 5 minutos. Por fim, coe e acescente 1 colher de chá de mel. Tome 1 chávena 3 vezes ao dia.

 

Propriedades e indicações terapêuticas - Girassol

 

Save

Escrito por A Senhora do Monte

Uma homenagem ao Portugal das tradições, dos saberes e dos sabores.