Blog

Aprenda a fazer óleo de trevo vermelho e quais são as suas utilidades!

em Medicina Natural
Aprenda a fazer óleo de trevo vermelho e quais são as suas utilidades!

O óleo de trevo vermelho é um óleo extremamente nutritivo para a pele.

De certeza que já viu estas florinhas em terrenos, prados, beiras de estradas, etc. Tanto as flores, como as folhas, os caules e a raíz são comestíveis e ricas em vitaminas A, B3, B12, C, E e K.

Este óleo melhora a elasticidade da pele e diminui o aparecimento de rugas pois aumenta a produção de colagénio.

Possui propriedades anti-inflamatórias que também ajudam problemas de eczemas ou psoríase.

Benefícios do óleo de trevo vermelho

Os trevos vermelhos (Trifolium pratense) contêm altas quantidades de isoflavonóides daí ser bastante utilizado para aliviar os sintomas da menopausa.

Os isoflavonóides ajudam a diminuir os sinais de envelhecimento da pele. Estes actuam como fitoestrogénios (estrogénios vegetais) melhoram a espessura e a elasticidade da pele, aumentam a hidratação e a produção de colágeno.

Os isoflavonóides podem ser encontrados em cereais, legumes e hortaliças como o trevo-vermelho, a couve-flor, a couve-galega e acouve-roxa.

Como estas substâncias possuem propriedades anti-inflamatórias tornam o trevo vermelho uma erva ideal para o tratamento de irritações da pele, feridas, queimaduras e picadas de insectos.

Aprenda a fazer óleo de trevo vermelho e quais são as suas utilidades!

Óleo de trevo vermelho

Antes de fazer o seu óleo deve proceder à colheita das flores que deve ser feita de manhã cedo após o orvalho da manhã.

Após a colheita, espalhe as flores dos trevos num tabuleiro ou numa peneira e deixe a secar, num local escuro e ventilado, durante alguns dias.

Todos os dias deve ir virando as flores para que elas não comecer a deteriorar-se na zona que está em contacto com o tabuleiro.

Também pode optar por comprar chá de trevo vermelho e utilizar as flores já secas.

Aprenda a fazer óleo de trevo vermelho e quais são as suas utilidades!

Ingredientes:

  • óleo de amêndoas doces ou óleo de coco
  • flores secas de trevo vermelho
  • frasco de vidro
  • 1 pedaço de pano
  • 1 elástico

Encha o frasco de vidro com as flores e cubra-as com o óleo. Certifique-se de que as flores ficam totalmente cobertas. Se algum óleo evaporar, adicione mais.

Tape a boca do frasco com o pano e prenda-o com o elástico. Deixe o frasco em repouso num local escuro durante 4 a 6 semanas. Agite o frasco 2 vezes por semana.

No final coe o preparado, esprema bem as flores para aproveitar todo o óleo. Guarde o óleo num frasco de vidro.

As flores podem ser trituradas e reutilizadas, por exemplo, para fazer um esfoliante. Pode fazer a receita que se segue, basta substituir as pétalas de rosas pelo trevo vermelho:

Utilizações:

Cabelos – O óleo de trevo vermelho é indicado para cabelos secos, reduz a caspa, hidrata e previne infecções no couro cabeludo e ainda fortalece os fios. Além disso, o trevo vermelho promove um crescimento rápido e saudável do cabelo.

Massagens – Pode ser utilizado em massagens. Como contém cálcio e magnésio ajuda a relaxar o sistema nervoso e alivia estados de stress e ansiedade.

Cremes, pomadas, batons e sabonetes – Como este óleo combate os efeitos do envelhecimento pode ser utilizado em cremes e pomadas para tornar a pele mais jovem e macia.

Problemas de pele – Conforme já indicámos anteriormente pode ser utilizado em casos de feridas, cortes, pequenas irritações, queimaduras, eczemas e psoríase.

Contra-indicações:

  • pacientes com problemas hormonais (cancro de mama, útero, ovários, endometriose, etc) – o trevo vermelho tem efeitos semelhantes ao estrogénio e pode interferir nos tratamentos;
  • mulheres que tomem a pílula pois pode reduzir o efeito contraceptivo;
  • pacientes que estejam a fazer terapia de reposição hormonal;
  • grávidas e lactantes.

Se gosta de óleos herbais caseiros, leia também:

Óleo caseiro de folhas de sabugueiro

Óleo de manjericão

Óleo de dente de leão

Aprenda a fazer óleo de trevo vermelho e quais são as suas utilidades!

Imagens: Pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *