Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Blog

Aprenda a fazer uma horta de temperos para os seus cozinhados

em Jardim/Horta 16 Maio, 2019

Já é possível criar uma pequena horta de temperos, mesmo que não tenha grande espaço!

Para quem não tem casa com quintal e não tem muito espaço, basta uma varanda solarenga para criar os seus temperos. Pode usar floreiras na varanda / marquise ou optar por uma pequena horta vertical acoplada à parede. Já existem diversas opções para a montagem destas hortas urbanas originais.

Leia também:

Aromáticas que podem ser cultivadas o ano inteiro só com água

Horta de temperos

As ervas/temperos podem ser consumidos logo após a sua colheita.

1 – Ervas / temperos mais aconselháveis para plantar

As melhores ervas/temperos são as mais resistentes ao nosso clima e úteis na sua cozinha, tais como: alecrim, manjericão, hortelã, orégãos, tomilho, sálvia, pimenta, coentros e salsa.

2 – Tipos de vasos

Os vasos podem ser de qualquer tamanho, dependendo da área destinada para os temperos, sejam estes pequenos, médios ou grandes. Mas os mais indicados serão as floreiras.

É importante fazer uma boa drenagem nos vasos, pondo pedrinhas no fundo e plantar os temperos com um espaçamento suficiente entre eles.

3 – Regas e Luz

Os temperos necessitam ser regados todos os dias, ou no início da manhã ou no final da tarde. Evite as regas a meio do dia, nas horas de maior calor.

A quantidade de água deve ser medida conforme o tamanho dos vasos. Deverá manter a terra húmida, mas não encharcada e ficar atento/a à quantidade de incidência de luz.

O local onde irá fazer a sua pequena horta deve estar exposto ao sol, pelo menos, 2h por dia.

4 – Adubação

As adubações podem ser feitas mensalmente com adubos orgânicos.

5 – Principais erros cometidos na horta de temperos

  • Não retirar as ervas daninhas
  • Plantar várias ervas / temperos diferentes no mesmo vaso ou floreira
  • Não preparar a drenagem do solo
  • Não adubar
  • Ausência de regas ou regas em demasia
  • Falta de luz

O que plantar na horta de temperos

Alecrim

É uma planta muito resistente, ideal para quem não tem muito tempo para cuidar da horta. Adapta-se a climas quentes e secos e pode passar até 3 dias sem ser regado.

É ideal para temperar peixes e carnes assadas.

Leia também:

Propriedades e indicações terapêuticas do alecrim

Tratamentos caseiros com alecrim

Combata a queda do cabelo com alecrim

Lava chão natural feito com alecrim e agulhas de pinheiro

Tomilho

É uma planta que não gosta de muita água. As regas podem ser feitas de 2 em 2 dias.

Uma dica importante: quanto menor a humidade no vaso, mais aromático ficará o tomilho.

Pode ser usado em ensopados e molhos à base de vinho.

Leia também:

Propriedades e indicações terapêuticas do tomilho

Xarope caseiro de tomilho e mel para acabar com a tosse

Hortelã

Esta planta possui raízes muito profundas logo não deve ser plantada juntamente com outras plantas, para não prejudicar o seu desenvolvimento.

Pode ser usada em assados, grelhados, sumos e chás.

Leia mais:

Aprenda a crescer hortelã sem que esta se propague pelo seu jardim

10 Motivos para plantar hortelã em sua casa ou no seu jardim

Hortelã – uma planta com propriedades insecticidas

Manjericão

O manjericão prefere climas quentes e amenos.

Pode ser usado em massas, molhos e pizas.

Leia também:

Propriedades e indicações terapêuticas do manjericão

Aprenda a fazer óleo de manjericão

10 Razões para plantar manjericão num vaso ou no seu quintal

Aprenda a propagar manjericão através de estacas

Aprenda a fazer uma horta de temperos para os seus cozinhados

Orégãos

Esta planta adapta-se bem a qualquer ambiente e exige pouca água para se desenvolver.

Pode ser usado em massas, pizas, assados e molhos.

Leia também: Propriedades e indicações terapêuticas dos orégãos

Salsa

Resiste bem ao inverno e precisa ser regada diariamente para se desenvolver.

Pode ser usada em sopas, saladas, omeletes e sanduíches.

Leia também:

Propriedades e indicações terapêuticas da salsa

Benefícios do chá de salsa

Tratamento de limpeza dos rins com sumo de salsa

Coentros

Não tolera bem temperaturas demasiado altas.

Podem ser usados em sopas, pratos de peixe e marisco.

Leia também: Propriedades e indicações terapêuticas dos coentros

Aprenda a fazer uma horta de temperos para os seus cozinhados

Sálvia

É uma planta que resiste bem a baixas temperaturas. Ideal para quem não tem muito tempo pois pode ser regada a cada dois dias.

É usada na decoração de pratos e para temperar carnes mais gordurosas, como as de caça.

Leia também:

Propriedades e indicações terapêuticas da sálvia

Mel de sálvia para a tosse e dores de garganta

Receita de peixinhos da horta feitos com folhas de sálvia

Pimenta

É uma planta muito resistente, mas necessita de bastante espaço para se desenvolver. Como tal, não vale a pena misturá-la com outras plantas.

Pode ser usada em pratos étnicos, molhos, conservas e assados.

Aprenda a fazer uma horta de temperos para os seus cozinhados

Sobre A Senhora do Monte
Uma homenagem ao Portugal das tradições, dos saberes e dos sabores.