Peixinhos da horta - já provou esta iguaria tão portuguesa?

Para além dos peixinhos do mar, também existem os peixinhos da horta!

Todos nós conhecemos a “tempura” japonesa, mas de japonesa não tem nada! Na verdade este é um prato tradicional da culinária portuguesa que foi exportado para o Japão. Aqui tornou-se famoso acabando por se tornar conhecido em todo o mundo!

A tempura consiste em pedaços fritos de vegetais ou marisco envoltos num polme fino. A fritura é feita em óleo bastante quente, durante apenas 2 ou 3 minutos.

O polme é a preparação feita antes da fritura de determinados alimentos. Consiste numa massa mole onde se envolvem os alimentos antes de os fritar.

Os ingredientes principais do polme são:

  • farinha de trigo
  • ovos
  • água

A espessura pode variar, entre fina e grossa, consoante a quantidade de farinha e água.

O polme é também utilizado na confecção das pataniscas de bacalhau.

 

História

Missionários portugueses introduziram a receita de tempura no Japão no séc. XVI.

Em 1543, três portugueses, António da Mota, António Peixoto e Francisco Zeimoto ao seguirem num navio chinês rumo a Macau, foram desviados da sua rota acabando por atracar na ilha japonesa de Tanegashima. Estes três portugueses foram os primeiros europeus a pisar território japonês.

Como por esta altura o país enfrentava uma guerra civil, começou a efectuar trocas comerciais com Portugal.

Os portugueses ficaram no país até serem expulsos em 1639 devido a uma lei ideológica imposta, que acreditava que o Cristianismo era uma ameaça à sociedade japonesa.

Os portugueses abandonaram o Japão mas deixaram as suas receitas, como foi o caso dos Peixinhos da Horta.

O termo “tempura” tem origem no latim “tempora”, que dizia respeito a um período de jejum imposto pela Igreja – os católicos não podiam comer carne – e assim surgiu o prato. O preço do peixe também era bastante alto daí os portugueses terem encontrado esta opção.

 

Peixinhos da horta - já provou esta iguaria tão portuguesa?

Peixinhos da horta

Ingredientes

  • 200g de feijão verde
  • óleo para fritar
  • 75g de farinha de trigo com fermento
  • 80ml de cerveja ou água com gás
  • 1 ovo
  • 1/2 colher de sopa de azeite
  • sal q.b.
  • pimenta q.b.

 

Lave e arranje o feijão retirando o fio lateral e as pontas.

A seguir, coloque o feijão numa panela com água a ferver e sal. Deixe cozer durante 5 minutos.

Finalizada a cozedura, escorra o feijão e deixe-o arrefecer.

Preparação do polme:
Numa taça, junte a farinha, o azeite, o ovo, o sal, a pimenta e a cerveja. Mexa bem até obter uma mistura homogénea e lisa.

Envolva o feijão no polme e frite em óleo muito quente durante 3 minutos.

Por fim, escorra e sirva com molhos caseiros: ketchup, maionese e/ou mostarda.

Experimente também a receita de peixinhos da horta feitos com folhas de sálvia!

 

Peixinhos da horta - já provou esta iguaria tão portuguesa?