Conheça os pratos típicos de Natal de cada região portuguesa

Já conhece os pratos típicos de Natal de cada região portuguesa?

A Ceia de Natal ou chamada Consoada apesar de estar associada a uma tradição cristã, é realizada hoje em dia em quase todo o mundo, inclusivamente por quem não é cristão.

Os pratos confeccionados nesta altura são variadíssimos e dependem da região onde se celebra, mas o seu objetivo principal é igual em todo o mundo:

 

Unir a família à volta da mesa de jantar para confraternizar e celebrar um tempo de paz e amor.

Trás os Montes e Alto Douro

Segundo a tradição, na noite da Consoada come-se bacalhau ou polvo cozido ambos servidos com batatas e couve portuguesa cozida.

 

Trás os Montes e Alto Douro

 

No dia de Natal, o almoço começa com uma canja de galinha, seguida de um assado de perú assado, borrego, leitão ou porco. Ao jantar serve-se a tradicional roupa velha.

Quanto aos doces são servidas passas, frutos secos, filhoses e migas doces.

 

Entre Douro e Minho

Os pratos típicos da consoada, nesta região, são também o bacalhau ou polvo cozido juntamente com batatas e couve portuguesa cozidas. Até ao final da noite, bebe-se um reconfortante vinho quente com canela e adoçado com mel.

No dia de Natal, ao almoço come-se roupa velha e ao jantar come-se peru assado recheado com creme de castanhas.

 

Arcos de Valdevez - Minho

 

Nesta região, as rabanadas são as raínhas dos doces. São normalmente servidas com calda de açúcar ou doce de ovos.

Da lista de doces fazem também parte os frutos secos (avelãs, figos, passas e amêndoas), a aletria, os mexidos de leite ou vinho e os bolinhos de bolina.

 

Beiras

O bacalhau cozido com as batatas e a couve portuguesa é o prato tradicional.

No dia de Natal ao almoço serve-se cabrito assado no forno acompanhado com batatinhas assadas.

Quanto à doçaria destacam-se os sonhos, rabanadas e as famosas filhoses do joelho.

 

Beira baixa

 

Estremadura

Na Estremadura, o bacalhau cozido é o rei e senhor.

No dia de Natal, ao almoço come-se cabrito e batatinhas assadas no forno.

Os doces que se servem nesta altura são as fatias douradas, filhoses, azevias, aletria e broas de batata doce.

 

Azenhas do Mar - Estremadura

 

Alentejo

Antigamente, a estrela da noite era o galo, mas agora os alentejanos também se renderam ao bacalhau cozido.

No dia de natal servem perú recheado com carnes e enchidos alentejanos.

 

Marvão - Alentejo

 

Em termos de doces, os alentejanos têm como tradição as azevias de grão ou batata doce, os coscorões e o carolo. Este último, é um doce tradicional feito com bolinhas de massa de pão, açúcar e canela, cozinhadas no forno e polvilhadas com açúcar.

 

Algarve

Já no Algarve ainda é tradição comer galo na noite da Consoada. Mas já há muitas pessoas que estão, também, a render-se ao bacalhau cozido.

 

Algarve

 

No dia de Natal come-se peru recheado e assado no forno.

As broas de milho, as filhoses, rabanadas e empanadilhas são os doces tradicionais desta região.

Madeira

Na Madeira a tradição é totalmente diferente do continente. O prato tradicional são as espetadas típicas da ilha.

Ao almoço, do dia de Natal, come-se canja de galinha seguida de carne de porco temperada em vinha de alhos acompanhada de migas de pão e legumes.

 

Porto Moniz - Madeira

 

Quanto à doçaria serve-se bolo de noz ou abóbora, bolo de mel da Madeira acompanhados com os licores da região.

Açores

Nos Açores, a galinha é a raínha das refeições. Durante a consoada serve-se guisada, assada ou em canja.

No dia de Natal, para além da galinhaservem-se também carnes de vaca ou porco.

 

Açores

 

Os açoreanos gostam rechear a sua mesa de doces com rabanadas, arroz doce, bolos secos variados acompanhados de licores artesanais.

Bom apetite e bom Natal!

Save

Escrito por A Senhora do Monte

Uma homenagem ao Portugal das tradições, dos saberes e dos sabores.